terça-feira, 31 de janeiro de 2012

Essência


O que eu tenho de melhor não acaba quando eu dou.
Tenho sonhos, tenho fé e tenho amor.
Minha fonte de amor é inesgotável,
Porque sou do amor.
E isso é o que importa!
Meu sorriso é sincero,
Meu olhar é terno
E minha ciência utópica, eu não detenho!
Porque é quando mais me dou
Que é quando eu mais me tenho!

Um comentário:

Aline Barra disse...

"Oui"!!!

Posso sentir todo este doar daqui, Macabea... Esta essência te ultrapassa e se mostra na tua poesia!

Beijos!