domingo, 22 de julho de 2012

Eu, ligo o meu raidinho
E danço de rosto coladinho
Com o sorriso miudinho
Os ollhinhos fechadinhos
Passinho por passinho
Você não passa mais!
Vai ficando e ficando
Me deixando pianinho.
Vai assim, devagarinho,
Ganhando todo o meu carinho,
O meu mais doce beijinho
Quando me desperta nas manhãs.
A música toca o dia todinho,
todinhas as horas,
Bem aqui no meu raidinho
Aí eu vou de pouquinho em pouqinho
Juntando todos os inhos...
Quem sabe o fim de uma canção?
Quem sabe, meu rapaz?
Vou cantando bem baixinho
No seu ouvidinho
O tum tum que meu coração faz
Se colar no seu raidinho
A gente dança um pouco mais.

2 comentários:

Cristiano Marcell disse...

Bonitinho!

Verso Aberto disse...

corações que afinam
duetam pelo ouvido
dançam a música do verdadeiro amor

gostei muito do poeminha Macabea

abração