sexta-feira, 10 de junho de 2011

À menina que passava na rua

Vinha como visão
E para o meu deleite
O tempo ficou parado
Ela então me roubou

Com flores

Flores por toda a parte
No vestido estampado dela
No cabelo perfumado dela
Sem querer, um sorriso
                  [Sorriso pedido de casamento]
Eu sorri pra ela

3 comentários:

Blog do Pizano disse...

sorriso estampado

belo poema, Camila

abs

Macabea de La Mancha disse...

Obrigada, poeta!

Anônimo disse...

o súbito acontecimento de um momento apaixonante, descrição perfeita