domingo, 10 de julho de 2011

Estória de amor (ir)real



À Macabéa:

- Mais bela de todas as mulheres,

A novidade de tua estrela me trouxe à vida!
Teu Quixote acordado, teu espírito envivecido,
Fez-me de ti, teu escravo.
Por teu sorriso fui vencido.

Tua clareza me cegou
Enxergo agora tudo límpido
Em cada rosto o teu rosto,
[Mas não confundo-te!]
Só teu olhar alumia este louco varrido.
Rogo que me tenhas apreço,
Que tua doçura adoce meu semblante
Pois nada que uma palavra tua não transforme
Esta triste figura, este aprendiz errante,
No cavaleiro mais nobre deste mundo inconstante.

Dragões ou moinhos de vento
Hei de enfrentar bravamente
Resistirei e retornarei utópico-fortalecido
Se a mim for concebido o presente
De ser teu cavaleiro – me deixa te amar para sempre?


Ao Cavaleiro:

Chegaste e trouxeste contigo
O sol para minha noite sem fim
Teu ofício de cavaleiro nobre,
[Eu sei, não existe!]
Porém, livraste-me do esquecimento ao olhar para mim.

Não sei que beleza enxergaste
Nesta alma 'esperante' e
Na minha figura-tão-triste-assim
Só sei que as flores desabrocham
E tuas palavras perfumam meu jardim

Por isto, Cavaleiro, não me digas mais nada!
Já estou, por demais, convencida:
Se é sonho não quero acordar,
Pois só serei feliz nesta vida
Se em teu amor galopar.

Assim respondo ao teu pedido:

- Em teu cavalo de utopia, venha me buscar, Cavaleiro!
Minha hora só há de chegar
Minha estrela só há de brilhar
Se teu amor me for eterno e inteiro.

3 comentários:

Aline Barra disse...

Linda estória, Macabea!!!
Me fez sonhar... adorei!

Mima disse...

Ah, que fofo! Adoro essa sua ideia de misturar esses dois personagens tão distintos e, ao mesmo tempo, tão combinados. Será que seria mesmo possível esse romance? Belíssimo texto. =)

P.S. Era pra eu ter deixado de escrever... Mas eu não consegui ainda... Aquele jardim me fascina, assim como todas essas historias fantasticas e encantadoras que leio pela blogosfera. =)

=***

Macabea de La Mancha disse...

Obrigada, meninas!

P.S.: E Mima, deixa de escrever não!! Dá pra conciliar!! Diz que sim!!
Bjos!