sexta-feira, 22 de julho de 2011

Retrato


Só você não percebe
Nos meus olhos, a ira
Por teu olhar desatento
Por te inventar mentiras

Só você não vê
Que meu sorriso tão farto
Anda escondendo os dentes
Sem graça e ingrato

Só você não acredita
Que nos caminhos desando
Que sou a mulher falida
Da música triste que canto

Não sou mais a moça bonita
Que está naquele retrato
Sou a poesia que grita
Por amor que não seja cobrado

3 comentários:

Fred Caju disse...

E para que uma beleza presa no retrato quando se é uma poesia?

Anônimo disse...

Nossa Camila, muito forte e muito boa..não tem nem mto oq dizer não..tah realmente mto boa, mto boa mesmo

Amanda

Macabea de La Mancha disse...

Tem razão, Fred! Obrigada pela visita!
Valeu, Amangaaa! *Vc é sem comentários mesmo..