sexta-feira, 23 de setembro de 2011


A rua é tão deserta, sem teus passos que não caminham para mim...
Em outros caminhos encontrarei tuas mãos?





2 comentários:

Mima disse...

Se há nós amarrando os corações
as mãos não se desprendem nunca
[mesmo a quilômetros e a séculos de distância]

Macabea de La Mancha disse...

Que os nós sejam fortalecidos ou desfeitos com amor.